Menu Conteúdo Rodapé
  1. Início
  2. Notícias
  3. Huawei firma parceria com a UKB no domínio da formação de quadros

Huawei firma parceria com a UKB no domínio da formação de quadros

  2021-02-09       destaque     UKB

O Instituto Politécnico da Universidade Katyavala Bwila (IPUKB) tem firmado, desde Maio de 2020, uma parceria com a empresa chinesa Huawei virada à formação de quadros. A chefe do Departamento de Ensino e Investigação de Informática, Felícia Gizela Gomes, considera a parceria uma mais-valia, porquanto vai colmatar várias necessidades neste domínio.

A responsável salienta que a parceria não se vai limitar apenas a docentes, mas é extensiva a discentes daquela instituição de ensino superior, de sorte que é, conforme refere, oportuna pelo facto de a gigante chinesa ser uma das melhores no mundo no que à tecnologia diz respeito.

'Então é um projecto que veio para enriquecer o nosso instituto politécnico e nós que somos, principalmente, da área de informática estamos aí, abraçamos o projecto, essa proposta da Huawei. Eles é que fizeram primeiro a identificação com a Universidade, na pessoa do Magnífico Reitor, e abraçou esta causa', disse a responsável.

Para que efectivamente a UKB pudesse se vincular, em termos de parceria, àquela empresa do ramo das tecnologias e comunicação, segundo Felícia, era imperioso preencher determinados requisitos como, por exemplo, ter uma área de ciências da computação e 'seleccionar aqueles que, futuramente, serão instrutores dentro do nosso quadro docente que poderiam estar preparados para, inicialmente, receberem estas formações da Huawei. É necessário ter um nível básico e aceitável nas áreas das tecnologias', explica, para quem está, neste momento, em curso a selecção de alguns monitores ' (estudantes licenciados do IP)'.

Do ponto de vista prático, de acordo com a responsável pelo Departamento de Ensino e Investigação de Informática, com a referida parceria, aquela unidade orgânica da UKB ganha a capacitação de seus docentes, tendo em conta a componente qualidade que se imprime na formação de estudantes que frequentam os cursos técnicos no IP.

'Não vai só ficar pelos docentes. Estamos a ser capacitados para, no futuro, formarmos a nossa academia local, dentro das condições que deverão ser criadas'.

Segundo Felícia Gomes, os desafios do departamento de que é responsável, neste quesito, passam, necessariamente, por participar nos conhecidos 'campeonatos' que aquela empresa tem vindo a promover a nível mundial, de modo a conferir mais visibilidade à UKB.

Próximos eventos ver todos   agenda

abr 20

Partilhar

Data da última atualização: 2021-02-09
As cookies utilizadas neste sítio web não recolhem informação pessoal que permitam a sua identificação. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.