UKB organiza Palestra sobre o Angosat 1

A Universidade Katyavala Bwila (UKB) em pareceria com o Ministério das Telecomunicações e Tecnologias de Informação, realizaram no dia 6 de Julho do corrente ano, na Sala de Conferências da Mediateca de Benguela, a palestra subordinada ao tema: O ANGOSAT – 1: Desafios, Benefícios e Oportunidades para a comunidade académica, que teve como prelector o Ministro das Telecomunicações e Tecnologias de Informação, Dr. José Carvalho da Rocha.

A actividade contou com a participação de membros do Governo Provincial, Autoridades Castrenses, Docentes, Investigadores, Estudantes do Instituto Superior Técnico Militar, Profissionais da Área de Telecomunicações e estudantes universitários. No presidium estavam o Magnífico Reitor da UKB, Prof. Dr.º Albano Ferreira, a Vice-governadora de Benguela para os assuntos Sociais e Políticos, Dr.ª Laurinda Baca e o Ministro Telecomunicações e Tecnologias de Informação, Dr.º José de Carvalho da Rocha.

Abriu o evento o Magnífico Reitor da UKB, que deu as boas vindas a todos os presentes, em especial à comitiva vinda de Luanda, tendo na sua breve alocução dito que “foi uma honra a UKB ter sido escolhida para organizar este importante evento”. De seguida interveio a Vice-governadora Laurinda Baca que em nome do governo da Província felicitou a organização da referida palestra e pela importância e vantagens que o projecto Angosat 1 trará à Angola.

Mais tarde tomou a palavra o ministro das TTI que como palestrante principal explicou aos presentes tudo o que tinha a ver com o Angosat 1, desde a sua concepção até o seu para breve lançamento.

Na ocasião, Deputado Francisco de Castro Maria manifestou-se bastante preocupado pelo quadro encontrado no ISCED de Benguela e garantiu ter tomado boa nota e fará chegar aos órgãos competentes para intervir, a fim de que se inverta o actual cenário.

Houve um período de perguntas e respostas, em que as pessoas tiveram a oportunidade de colocarem as suas dúvidas e curiosidades sobre o Angosat 1. Atendendo a importância do aludido evento, a Sala de Conferências da Mediateca de Benguela foi pequena para albergar o grande número de pessoas que ocorreram àquele local.